Febre escaronodular
Rickettsia conorii é uma bactéria de vida intracelular obrigatória, que atua como agente etiológico da febre escaronodular, uma febre maculosa do grupo B.
As riquétsias são organismos pleomórficos, geralmente cocobacilos. São Gram – negativos de 200 a 500 nm por 800nm de diâmetro. Têm uma parede celular, com lipoproteínas e peptidoglicano. Coram pelo método de Gimènez.
São incapazes de crescer na ausência de células vivas do hospedeiro. Instalam-se em células endoteliais.

Este texto é um excerto do artigo Febre escaronodular da enciclopédia livre Wikipédia. Na Wikipédia, está disponível uma lista dos autores.
Em pt.wikipedia.org, o artigo Febre escaronodular foi consultado 37 vezes nos últimos 30 dias. (Versão: 19.01.2014)
Imagens referentes a Febre escaronodular
Imagem de visualização:
Original:
Resultados da pesquisa em Google e Bing
1
>30
1
Febre Escaro-Nodular - Administração Regional de Saúde do Centro
257. Introdução. A febre escaro-nodular (FEN) é uma doença infecciosa aguda incluída no grupo das rickettsioses humanas. Foi descrita pela primeira vez em ...
www.arscentro.min-saude.pt/Institucional/projectos/crsmca/noc/Documents/saude%20infantil/Protocolo.%20Febre%20Escaro-Nodular.pdf
2
>30
2
Febre escaronodular.pdf - RIHUC
14. Artigos Originais. Original Articles. Medicina Interna. REVISTA DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE MEDICINA INTERNA habitualment e através do ...
rihuc.huc.min-saude.pt/bitstream/10400.4/587/1/Febre%20escaronodular.pdf
3
>30
3
sobre a realidade da febre escaro-nodular em portugal
A febre escaro-nodular (FEN) é uma doença endémica em Portugal e os agentes etiológicos responsáveis por esta patologia são duas estirpes do complexo R.
www.actamedicaportuguesa.com/revista/index.php/amp/article/download/1216/868
4
>30
4
Rickettsia conorii – Wikipédia, a enciclopédia livre
Rickettsia conorii é uma bactéria de vida intracelular obrigatória, que atua como agente etiológico da Febre escaronodular, uma febre maculosa do grupo B.
pt.wikipedia.org/wiki/Rickettsia_conorii
5
>30
5
SOCIEDADE PORTUGUESA DE PEDIATRIA coNsENsos E ...
A febre escaro-nodular (FEN) e uma doença infecciosa aguda incluida no grupo das rickettsioses humanas. Foi descrita pela primeira vez em 1910 por Connor ...
www.spp.pt/Userfiles/File/App/Artigos/43/20130212095844_consensos_recomendacoes_SPP_257.pdf
6
>30
6
Febre escaro nodular e novas rickettsioses em Portugal ...
Resumo. A febre botonosa, também conhecida por febre escaro-nodular (FEN) é uma doença endémica nos Países da bacia do Mediterrâneo, África, Médio ...
www.insa.pt/sites/INSA/Portugues/Publicacoes/Outros/Paginas/NovasrickettsiosesPortugal.aspx
7
>30
7
Slides
Agente da Febre escaronodular (febre da carraça) ou febre botonosa. ○ Endémica em toda a área Mediterrânica. ○ Vector: Carraça do cão ou do bosque.
users.med.up.pt/cc04-10/microslides/16-rickettsias.pdf
8
>30
8
082.1-Rickettsiose-Febre escaronodular
A77.1 - Febre escaronodular. (riquetsiose). Agente infeccioso: Rickettsia conorii. Descrição clínica: úlcera comprovativa de picada de carraça, febre e, ao 3º-4º ...
www.saudepublica.web.pt/04-prevencaodoenca/dtdomanual/fen.htm
9
>30
9
Sociedade Portuguesa de Medicina Interna - vol14 n1 Jan/Mar 2007
11 maio 2007 ... Introdução: A febre escaro-nodular tem uma incidência elevada em Portugal ... só o diagnóstico clínico, na admissão, de febre escaro-nodular.
www.spmi.pt/revista/vol14/vol14_n1_2007_05_11.pdf
10
>30
10
Febre escaronodular - Scribd
Artigos Originais. Original Articles. Febre escaro-nodular: uma zoonose benigna ? Mediterranean spotted fever: a benign zoonosis? Emília Louro*, Ana ...
pt.scribd.com/doc/46214623/Febre-escaronodular
Resultados da pesquisa para "Febre escaronodular"
Google: aprox. 1.040
bing: aprox. 2
Febre escaronodular na Ciência
Febre Escaro-Nodular Revisão Retrospectiva de Casos ...
Repositórios > Repositório Aberto da Universidade do Porto > ... Title: Febre Escaro-Nodular Revisão Retrospectiva de Casos Hospitalizados e Determinação ...
[PDF]Febre escaronodular.pdf - RIHUC
internados com diagnóstico de febre escaro-nodular no Serviço de Medicina III dos Hospitais da Universidade de Coimbra num período de 10 anos ...
[PDF]Doenças infecciosas Monografia.pdf - RIHUC
Doutor António Meliço-Silvestre. Departamento de Doenças Infecciosas do Hospital da Universidade de ... Febre escaronodular, febre Q. Dr. Orlando Marques.
[PDF]UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA Faculdade ... - UTL Repository
principal agente deste grupo e causa febre botonosa em humanos. ...... A febre botonosa também conhecida como febre escaro-nodular, febre da carraça na ...
Febre escaro-nodular - Estudo Geral - Universidade de Coimbra
Title: Febre escaro-nodular: uma zoonose benigna? Other Titles: Mediterranean spotted fever: a benign zoonosis? Authors: Louro, Emília · Campos, Ana
Febre escaronodular - Scribd
A febre escaro-nodular é uma zoonose com predomínio estival, endémica nos ... escaro-nodular no Serviço de Medicina III dos Hospitais da Universidade de ...
Febre Escaro Nodular Uma Zoonose Benigna
Pertenece a: Estudo Geral - Universidade de Coimbra. Descripción: A febre escaro-nodular é uma zoonose com predomínio estival, endémica nos países da ...
[PDF]sobre a realidade da febre escaro-nodular em portugal
A febre escaro-nodular (FEN) é uma doença ... Palavras chave: Febre escaro-nodular, Rickettsia conorii, Incidência, ..... Universidade Nova de Lisboa, 2002. 16.
[PDF]febre escaronodular – critérios de gravidade
Hospitais da Universidade de Coimbra. Introdução:A Febre escaronodular (FEN) é uma zoonose endémica em Portugal. É provocada pela. Rickettsia conorii.
Revista de Saúde Pública - Rickettsial diseases in Brazil and ...
Universidade Federal de Ouro Preto. ... IIUniversidade Estadual de Campinas. .... A taxa de incidência de febre escaro-nodular em Portugal, de 1989 a 2000, ...
livros referentes ao termo Febre escaronodular
Portugal a Quente e Frio
Portugal a Quente e Frio
TERESA; NAVES FIRMINO, 2012
Outra doença transmitida por carraças é aFebre escaronodular, oufebre botonosa , vulgarmente chamada febre da carraça. Causada pela bactériaRickettsia conorii, étransmitida ao homem pela mordedura da carraçaRhipicephalus ...
La febre d'or
La febre d'or
Narcís Oller, 2012
La febre d’or, que aparegué en tres volums entre els anys 1890 i 1892, és la novel·la més extensa i ambiciosa de Narcís Oller. El tema bàsic és, un cop més, l’obsessió pel diner, centrada en la figura del nou ric que genera l’economia especulativa. A més dels sotracs de la Borsa, l’autor hi retrata la Barcelona de finals del segle XIX i converteix ...
Catálogo da Exposição Bibliográfica 1926-1966
Catálogo da Exposição Bibliográfica 1926-1966
UC Biblioteca Geral, Universidade de Coimbra. Biblioteca Geral
A febre botonosa de Conor e Bruch (febre escaro- -nodular de Ricardo Jorge) em Coimbra. Coimbra Médica, 4(9), 1947. Separata. — Hamartoma maligno retroperitoneal (de provável origem renal). Coimbra Médica, 9(1), 1962. Separata.
Our Lady of the Night: A Novel
Our Lady of the Night: A Novel
Mayra Santos-Febres, 2009
The epic story of the complex, sensual, tragic, and remarkable life of a legendary Puerto Rican madamBorn into poverty and then abandoned by her mother, Isabel "La Negra" Luberza blossoms into a supremely sensual young woman. Obsessed with attaining aristocratic status—armed with incredible physical presence, indomitable ambition, and kee...
Infectious Diseases of Zimbabwe
Infectious Diseases of Zimbabwe
GIDEON Informatics Inc, Steve Berger MD, 2010
Synonyms Boutonneuse fever, Candidatus Rickettsia kellyi, DEBONEL, Febre escaro-nodular, Febre escaronodular, Indian tick typhus, Kenya tick typhus, Marseilles fever, Mediterranean spotted fever, R. aeschlimannii, Rickettsia ...
Sirena Selena: A Novel
Sirena Selena: A Novel
Mayra Santos-Febres e Stephen A. Lytle, 2010
Discovered by Martha Divine in the backstreets of San Juan, picking over garbage, drugged out of his mind and singing boleros that transfix the listener, a fifteen year old hustler is transformed into Sirena Selena, a diva whose uncanny beauty and irrisistable voice will be their ticket to fame and fortune. Auditioning for one of the luxury hotels ...
Para a História da Medicina na Universidade de Coimbra : ...
Para a História da Medicina na Universidade de Coimbra : ...
UC Biblioteca Geral
AZEVEDO, Joaquim Antunes de - Tratamento da febre escaro-nodular pelo ácido para-amonibenzoico. Coimbra: Livraria Académica, 1948. 5-39-30-1 1 1. BISSAYA BARRETO, Fernando - Coimbra precisa de ter um Hospital-Faculdade.
Anais
Anais
Lisbon (Portugal) Instituto de Medicina Tropical, 1951
Encontraram-se tais anticorpos nos soros de convalescentes de tifosos (tifos epidémico e endémico), de doentes com febre das Montanhas Rochosas, Febre escaronodular. febre das carraças da África do Sul, febre fluvial do Japão, febre Q e ...
Desenvolvimento de consultas Google


Registos de blog referentes ao termo
Febre escaronodular
jardinagens: Febre Escaronodular
"E agora, Senhores Espectadores, algo TREMENDO, algo NUNCA EXPERIMENTADO. .
jardinagens.blogspot.com/2007/09/febre-escaronodular.html
Geologia/Biologia: Febre da carraça aumenta com aquecimento global
Jogadores do Euro 2008 já estão a ser vacinadosAs alterações climáticas podem potenciar, em Portugal, o aparecimento de novas doenças e o ressurgimento de algumas que têm vindo a diminuir, como a febre da carraça. O número de casos registados tem vindo a descer nas últimas décadas, à medida que as populações abandonam o meio rural, mas os aumentos da temperatura previstos podem favorecer as condições para o reaparecimento desta patologia, que nas últimas semanas voltou à ribalta a propósito do Euro 2008.
geologiabiologia.blogspot.com/2008/05/febre-da-carraa-aumenta-com-aquecimento.html
Taxas moderadoras não resolvem problemas do Serviço Nacional de Saúde, diz secretário de Estado - PÚBLICO
Fernando Leal da Costa não revelou se Governo está a ponderar aumentos.
www.publico.pt/sociedade/noticia/taxas-moderadoras-nao-resolvem-problemas-do-servico-nacional-de-saude-diz-secretario-de-estado-1591149
Doenças de Declaração Obrigatória - Online24
Doenças de Declaração Obrigatória são doenças infecciosas que podem constituir um perigo para a comunidade. Nos casos em que as doenças possam...
www.online24.pt/doencas-de-declaracao-obrigatoria/
Carraças, Quais os Perigos para a Saúde? :: Unidade de Saúde Pública
usp-cgc.webnode.pt/news/carra%C3%A7as,-quais-os-perigos-para-a-saude-/
Os Verdes em Lisboa: Alterações climáticas originam epidemias sazonais
As alterações climáticas podem potenciar, em Portugal, o aparecimento de novas doenças e o ressurgimento de algumas que têm vindo a diminuir, como a febre da carraça. O número de casos registados tem vindo a descer nas últimas décadas, à medida que as populações abandonam o meio rural, mas os aumentos da temperatura previstos podem favorecer as condições para o reaparecimento desta patologia.
osverdesemlisboa.blogspot.com/2008/05/alteraes-climticas-originam-epidemias.html
fazer e desfazer: a carraça
Esta veio hoje connosco. Tempo de favas, tempo de carraças.
fazeredesfazer.blogspot.com/2011/04/carraca.html
Pegada Ambiental: Ixodídeos (carraças)
Os ixodídeos, também designados por carraças, encontram-se entre os mais importantes vectores de agentes de transmissão de doença nos animais e no Homem. Os ixodídeos (carraças) são considerados uns dos artrópodes mais importantes associados à transmissão de agentes infecciosos, a seguir aos mosquitos.
pegadambiental-sa.blogspot.com/2012/01/ixodideos-carracas.html
inSAide::view: Programa REVIVE - Rede de Vigilância de Vectores - 2011
As alterações climáticas têm representado uma das maiores ameaças ambientais, sociais e económicas que temos enfrentado actualmente. Estas alterações, responsáveis pelo aumento da frequência e intensidade de temperaturas extremas adversas bem como a ocorrência de eventos climáticos extremos (cheias e secas), constituem um grave risco para a saúde pública humana, quer pelo aumento de doenças associadas à água, aos alimentos e poluição do ar, quer pelo aumento de doenças transmitidas por vectores, que é o tema que pretendo explorar de seguida.
insaide-view.blogspot.com/2011/07/programa-revive-rede-de-vigilancia-de.html
123