Independência de Moçambique
A Guerra da Independência de Moçambique, também conhecida como Luta Armada de Libertação Nacional, foi um conflito armado entre as forças da guerrilha da FRELIMO (Frente de Libertação de Moçambique) e as Forças Armadas de Portugal. Oficialmente, a guerra teve início a 25 de Setembro de 1964, com um ataque ao posto administrativo de Chai no então distrito (actualmente província) de Cabo Delgado, e terminou com um cessar-fogo a 8 de Setembro de 1974, resultando numa independência negociada em 1975.
Ao longo dos seus quatro séculos de presença em território africano, a primeira vez que Portugal teve que enfrentar guerras de independência, e forças de guerrilha, foi em 1961, na Guerra de Independência de Angola. Em Moçambique, o conflito começou em 1964, resultado da frustração e agitação entre os cidadãos moçambicanos, contra a forma de administração estrangeira, que consideravam ser exploratória e de maus tratos, e que só defendia os interesses económicos portugueses na região. Muitos moçambicanos ressentiam-se das políticas portuguesas em relação aos nativos, que eram discriminatórias, tradicionais e que limitavam o acesso à educação, ministrada pelos portugueses, e ao emprego qualificado. Influenciados pelos movimentos de autodeterminação africanos do pós-guerra, muitos moçambicanos tornaram-se, progressivamente, nacionalistas e, de forma crescente, frustrados pelo contínuo servilismo da sua nação às regras exteriores. Por outro lado, aqueles moçambicanos mais cultos, e integrados no sistema social português implementado em Moçambique, em particular os que viviam nos centros urbanos, reagiram negativamente à vontade, cada vez maior, de independência. Os portugueses estabelecidos no território, que incluíam a maior parte das autoridades, responderam com um incremento da presença militar e com um aumento de projectos de desenvolvimento.
Um exílio em massa de políticos da intelligentsia de Moçambique para países vizinhos providenciou-lhes um ambiente ideal no qual radicais moçambicanos podiam planear acções, e criar agitação política, no seu país de origem. A criação da organização de guerrilha moçambicana FRELIMO e o apoio da União Soviética, China e Cuba, por meio do fornecimento de armamento e de instrutores, levaram ao surgimento da violência que continuaria por mais uma década.
Do ponto de vista militar, o contingente militar português foi sempre superior durante todo o conflito contra as forças de guerrilha. Embora em desvantagem, as forças da FRELIMO saíram vitoriosas, após a Revolução dos Cravos em Lisboa, a 25 de Abril de 1974, que acabou com o regime ditatorial em Portugal. Moçambique acabaria por obter a sua independência em 25 de Junho de 1975, após mais de 400 anos de presença portuguesa nesta região de África. De acordo com alguns historiadores da Revolução, o golpe de Estado militar em Portugal foi, em parte, causado pelos protestos face ao comportamento das tropas portuguesas em relação à população moçambicana. No entanto, o crescente aumento da influência comunista sobre os militares portugueses revoltosos que lideraram o golpe militar em Lisboa, e, por outro lado, a pressão internacional sobre a condução da Guerra Colonial Portuguesa em geral, foram as principais causas para o resultado final.

Este texto é um excerto do artigo Independência de Moçambique da enciclopédia livre Wikipédia. Na Wikipédia, está disponível uma lista dos autores.
Em pt.wikipedia.org, o artigo Independência de Moçambique foi consultado 92 vezes nos últimos 30 dias. (Versão: 17.02.2014)
Imagens referentes a Independência de Moçambique
Imagem de visualização:
Original:
Resultados da pesquisa em Google e Bing
9
2
1
RES: Moçambique - Centro de Estudos Sociais
Apresentação: o País; Introdução; 1. Estratégias de Desenvolvimento do país nos campos político, económico e social; 1.1. O legado colonial
www.ces.uc.pt/emancipa/gen/mozambique.html
1
>30
2
Guerra da Independência de Moçambique – Wikipédia, a ...
A Guerra da Independência de Moçambique, também conhecida como Luta Armada de Libertação Nacional, 5 foi um conflito armado entre as forças da ...
pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_da_Independ%C3%AAncia_de_Mo%C3%A7ambique
2
>30
3
História de Moçambique – Wikipédia, a enciclopédia livre
[editar]. Moçambique tornou-se independente de Portugal em 25 de Junho de 1975. O primeiro governo, dirigido ...
pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_de_Mo%C3%A7ambique
3
>30
4
Moçambique – Wikipédia, a enciclopédia livre
Após a independência, com a denominação de República Popular de Moçambique, foi instituído no país um regime socialista de partido único, cuja base de ...
pt.wikipedia.org/wiki/Mo%C3%A7ambique
4
>30
5
Samora Machel – Wikipédia, a enciclopédia livre
Dado que, nessa altura, já a FRELIMO tinha chegado à conclusão de que não seria possível conseguir a Independência de Moçambique sem uma guerra de ...
pt.wikipedia.org/wiki/Samora_Machel
5
>30
6
Guerra de Independência de Moçambique - Guerras Brasil Escola
Guerra de Independência de Moçambique, o regime de Salazar, o FRELIMO, os Acordos de Lusaka,a Independência de Moçambique.
guerras.brasilescola.com/seculo-xx/guerra-independencia-mocambique.htm
6
>30
7
Guerra de Libertação (1964-1974) - Moçambique,Mozambique
O fim do colonialismo, com a consequente independência de todas as colónias ... a reclamaram a autonomia e mesmo a Independência de Moçambique.
imigrantes.no.sapo.pt/page2mocGLibert.html
7
>30
8
Resumo Histórico — Portal do Governo de Moçambique
A opressão secular e o colonial fascismo português acabaria por obrigar o Povo moçambicano a pegar em armas e ...
www.portaldogoverno.gov.mz/Mozambique/resHistorico
8
>30
9
Unilab comemora Independência de Moçambique com ...
20 jun. 2013 ... mozambique-bandeira (1). A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) promove, de 24 a 26 de junho a ...
www.unilab.edu.br/noticias/2013/06/20/unilab-comemora-independencia-de-mocambique-com-programacao-especial/
10
>30
10
Independência das Colónias Portuguesas em África - Infopédia
Angola conseguiu a independência em 1975, antes de Moçambique (1976), e logo de seguida estes dois países instauraram um regime político pró-soviético, ...
www.infopedia.pt/$independencia-das-colonias-portuguesas-em
Resultados da pesquisa para "Independência de Moçambique"
Google: aprox. 1.060.000
Independência de Moçambique na Ciência
Educação - Moçambique,Mozambique
Educação em Moçambique ... Universidades Privadas :3 (2002) ... Um dos maiores progressos que registaram em Moçambique após a Independência ( 1975) ...
Beira (Moçambique) – Wikipédia, a enciclopédia livre
Antes da independência, a Beira era destaque por seu porto marítimo bem .... Universidade Católica de Moçambique (UCM), 17 uma universidade privada que ...
Guerra da Independência de Moçambique – Wikipédia, a ...
A Guerra da Independência de Moçambique, também conhecida como Luta ...... e Modo 101 e Polémica, que tinham apoio das universidades, e apelavam por ...
O ACORDO DE LUSAKA (1) - Universidade de Coimbra
O Estado Português, tendo reconhecido o direito do povo de Moçambique à independência, aceita por acordo com a FRELIMO a transferência progressiva dos ...
Moçambique: um perfil - Centro de Estudos Sociais
Depois da independência nacional, Moçambique tinha apenas uma Universidade. Hoje, tem uma universidade pública e dois institutos superiores, para a ...
Unilab comemora Independência de Moçambique com ...
20 jun. 2013 ... Unilab comemora Independência de Moçambique com programação especial ... A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia ...
Representações da história de Moçambique por parte de ...
Universidade do Minho ... Outros títulos: Representations of the history of Mozambique by university students in Maputo. Autor ... Três décadas e meia após a Independência de Moçambique pretende-se analisar como é que os estudantes ...
Brazão Mazula - Macua de Moçambique
À CNPq, à CAPES e à Reitoria da Universidade de São Paulo, do Brasil, pela .... A SITUAÇÃO MOÇAMBICANA NO MOMENTO DA INDEPENDÊNCIA.
[PDF]Beatriz Pereira de Santana - Observatório da Língua Portuguesa
Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM/Mackpesquisa) .... Moçambique) e UNAMI (União Nacional Africana para Independência de. Moçambique) – se ...
Instituicões de Ensino Superior em Moçambique — Portal do ...
O Ensino Superior em Moçambique data desde o ano de 1962, quando pelo ... da ascensão do País à Independência, a Universidade de Lourenço Marques ...
livros referentes ao termo Independência de Moçambique
¡Independencia!
¡Independencia!
José Luis Corral, 2005
¡Independencia! es una continuación de "Trafalgar", en el sentido de que se centra en el período inmediatamente posterior a los prolegómenos de la Guerra de la Independencia y que para ello se sirve del mismo protagonista-testigo, Francisco de Faria. La novela se inicia con el levantamiento del Dos de Mayo en Madrid, pero la acción se tra...
Literaturas de língua portuguesa: Moçambique
Literaturas de língua portuguesa: Moçambique
Tania Macêdo, Vera Maquêa, Suely Fadul Villibor Flory, 2007
Antes da independência aparece aquele que tem sido considerado o primeiro romance Moçambicano, Portagem, de Orlando Mendes. Nos tempos quentes do pré-indepen- dência, muitos escritores surgem, mas muitos vão abandonar o ...
Moçambique
Moçambique
José Luís Cabaço, 2012
"A constituição de uma identidade - fazendo-se também pela definição do que se lhe opõe, isto é, da diferença - incorpora em sua bipolaridade as dimensões política e social porque nela, como salienta Jacques Derrida (1991), um dos polos é necessariamente privilegiado em relação ao outro e, de consequência, expressão de uma relação de poder. St...
A árvore de dinheiro - Guia para cultivar a sua independência financeira
A árvore de dinheiro - Guia para cultivar a sua independência financeira
Jurandir Sell Macedo Jr, 2013
Em sua primeira edição digital, “A Árvore do Dinheiro” já é um clássico da bibliografia de Finanças Pessoais no Brasil. Livro que inaugurou a coleção ExpoMoney, escrito pelo doutor em Finanças Comportamentais e professor da Universidade Federal de Santa Catarina Jurandir Sell Macedo, trata de um tema que aflige boa parte dos brasileiros: como cuida...
Independência Financeira: O Guia do Pai Rico
Independência Financeira: O Guia do Pai Rico
ROBERTT. KIYOSAKI e SHARON L. LECHTER, 2013
Uma das razões pelas quais os pobres ficam mais pobres e a classe média luta com as dívidas é que para os pobres/classe média o assunto dinheiro não é ensinado nem em casa nem na escola.As escolas se concentram nas habilidades acadêmicas e profissionais, mas não nas habilidades financeiras, o que faz com que as pessoas tenham problemas financeiros ...
Comunidades imaginadas:
Comunidades imaginadas:
2008
João Tiago Sousa EdUARdO mOndlAnE E A lUTA pElA Independência de Moçambique “Como todo o nacionalismo africano, o de Moçambique nasceu da experiência do colonialismo europeu. a fonte de unidade nacional é o sofrimento ...
Drawn from the Plains:Life in the Wilds of Namibia and Moçambique
Drawn from the Plains:Life in the Wilds of Namibia and Moçambique
Lynne Tinley, 2007
"Lynne Tinley and her husband Ken, who is one of the leading ecologists in Africa, have devoted many years to a race against time. On the Etosha Pan, in the isolated and spectacular wildernesses of Namibia, and later on the other side of the continent at Gorongosa in Moçambique, they set out to gather information which was urgently needed if t...
Desenvolvimento de consultas Google


Registos de blog referentes ao termo
Independência de Moçambique
Unilab comemora Independência de Moçambique com programação especial | Unilab
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira.
www.unilab.edu.br/noticias/2013/06/20/unilab-comemora-independencia-de-mocambique-com-programacao-especial/
Zwela: Aniversário da Independência do Moçambique
www.zwelaafrica.com/2013/07/aniversario-da-independencia-do_25.html
navegador solidário: Aniversário da Independência de Moçambique
Há 38 anos, foi içada, pela primeira vez a bandeira da independência nacional. Moçambique tem de (re)construir-se e reinventar-se a partir de uma determinação inabalável que se exprima pela capacidade não só de pensar o futuro no presente, mas também de organizar o presente de maneira que permita actuar sobre esse futuro, colocando os cidadãos no posto de comando.
agrywhite.blogspot.com/2013/06/aniversario-da-independencia-de.html
ePORTUGUÊSe: O que é o Dia da Vitória em Moçambique?
Assinatura dos Acordos de LusakaNo dia 7 de setembro Moçambique comemora o Dia da Vitória, em memória aos Acordos de Lusaka Para quem está se perguntando o que foram os Acordos de Lusaka, vamos contar um pouco sobre como tudo começou. .
eportuguese.blogspot.com/2013/09/o-que-e-o-dia-da-vitoria-em-mocambique.html
Comemoração do 38º aniversário da independência de Moçambique! – BigSlam
Moçambique, oficialmente República de Moçambique, comemora hoje a data da sua independência! Esta antiga colónia e província ultramarina de Portugal, obteve a sua independência a 25 de Junho de 1975. Faz parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, da SADC, da Commonwealth, da Organização da Conferência Islâmica e da ONU. A sua capital e […]
bigslam.pt/destaques/comemoracao-do-38o-aniversario-da-independencia-de-mocambique/
Feliz Dia da Independência de Moçambique - Blog da Gorongosa
gorongosa.blogs.sapo.mz/78077.html
NANDI IWE!: 25 DE JUNHO 2013 DIA INDEPENDENCIA DE MOÇAMBIQUE COMEMORA-SE EM PORTUGAL A 29 DE JUNHO SÁBADO EM ALAGOA, ÁGUEDA ZONA CENTRO DO PAIS
"Caros Associados e Amigos de Moçambique,  A pedido do Consulado da Republica de Moçambique no Porto e Zona Norte de Portugal, vimos pelo presente divulgar o convite para a Celebração do 38º Aniversário da Independencia Nacional, convite extensivo a toda Comunidade moçambicana e amigos de Moçambique residentes em Portugal, para um Convívio a ter lugar no dia 29 de Junho de 2013, a partir das 13:00 no Restaurante Papatudo sita na Rua do emigrante, Alagoa 3750-301, Águeda. Fica a 20 Km de Aveiro.
nandiiwe.blogspot.com/2013/06/25-de-junho-2013-dia-independencia-de.html
Moçambique para todos: EFEMÉRIDE - Governo de transição: Passam hoje 39 anos da tomada de posse
MOÇAMBIQUE assinala hoje a passagem do 39.º aniversário da tomada de posse do Governo de Transição. Trata-se de um Governo resultante da assinatura a 7 de Setembro de 1974 do Acordo de Lusaka entre a então Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) e o Estado...
macua.blogs.com/moambique_para_todos/2013/09/efem%C3%A9ride-governo-de-transi%C3%A7%C3%A3o-passam-hoje-39-anos-da-tomada-de-posse.html
Notícias da UFSC » Comemoração da independência de Cabo Verde e Moçambique será nesta quinta
Comemoração da independência de Cabo Verde e Moçambique será nesta quinta Publicado em 04/07/2013 às 8:13.
noticias.ufsc.br/2013/07/independencia-de-cabo-verde-e-mocambique-sera-comemorada-na-ufsc/
Basquetebol movimenta torneio da independência - SAPO Desporto
Moçambique e Ruanda participam no evento que terá lugar de domingo a terça-feira.
desporto.sapo.pt/basquetebol/mocambique/artigo/2013/06/21/basquetebol_movimenta_torneio_da.html
123