Revolução do proletariado
Revolução socialista é o nome dado a qualquer revolução inspirada no modelo econômico socialista, normalmente ligado ao comunismo. Um exemplo é a revolução socialista iniciada na Rússia em 1917.
Karl Marx considerava inevitável a ação política do proletariado na sociedade burguesa. O socialismo jamais seria capaz de florescer naturalmente, tornando-se necessário, além do desejo, a intervenção do proletariado para que se fosse inaugurada a construção de uma nova sociedade. Num primeiro momento seriam instalados o controle do Estado através da ditadura do proletariado e a socialização de todos os meios de produção, não existindo mais a propriedade privada. O objetivo final desta revolução seria o comunismo, que representaria o fim de todas as desigualdades sociais e econômicas.
Revolução Socialista chinesa: Ao longo de sua história, a China foi um importante referencial tecnológico e cultural para várias populações asiáticas. Durante a Idade Moderna, os chineses contavam com um comércio articulado por uma imensa frota que cruzava o mundo com suas mercadorias. Essa época perdeu seu vigor na medida em que os interesses das nações estrangeiras tomaram espaço. No século XIX, a China se transformou em um território entrecortado por regiões dominadas pelas grandes nações imperialistas.
No século XX, vemos que setores significativos da população chinesa começaram a defender a consolidação de um movimento de natureza nacionalista. Em 1900, o médico Sun Yat-sen capitaneou a fundação do Kuomintang, também conhecido como Partido Nacionalista. Nessa mesma época, a Revolta dos Boxers (1898 - 1901) também teve grande contribuição para a articulação de um movimento defensor da autonomia chinesa e a expulsão dos estrangeiros.
A agitação provocada por tais movimentos acabou produzindo a Proclamação da República, em 1911. Mesmo com essa conquista e o enfraquecimento dos imperialistas após a Primeira Guerra Mundial, a China continuava não resistindo ao interesse dos estrangeiros, principalmente dos japoneses e britânicos. Com isso, os membros do Kuomintang tiveram de enfrentar a insatisfação dos chefes militares e do Partido Comunista Chinês, então criado sob a influência da Revolução Russa.
Em 1925, o governo chinês foi assumido por Chiang Kai-shek, que deu início a um vigoroso movimento contra as lideranças comunistas. Nesse momento, os comunistas foram obrigados a recuar politicamente e estabelecer um projeto revolucionário que pudesse transformar a China. Em 1934, sob a liderança de Mao Tsé-tung, os camponeses foram mobilizados para realizarem a “Longa Marcha”, que pretendia impor a distribuição de terras e a luta contra as forças imperialistas.
Após a Segunda Guerra Mundial e a derrota dos japoneses, o regime de Chiang Kai-shek tentou mais uma vez realizar a perseguição aos comunistas. Contudo, sendo considerado um “cúmplice do estrangeiro”, o governo oficial foi gradativamente derrotado pelos exércitos do Partido Comunista Chinês. Invadindo a cidade de Pequim em janeiro de 1949, o exército revolucionário impôs a criação da República Popular da China.
Sob a liderança de Mao Tsé-tung, os chineses reorganizaram o país sob a orientação expressa do ideário comunista. O novo governo traçou um plano econômico quinquenal que pretendia impulsionar a agricultura e a indústria. Paralelamente, as tropas comunistas impuseram uma terrível perseguição contra todos aqueles que não aderiram às políticas revolucionárias. No plano político internacional, os chineses optaram pela formação de um Estado socialista independente da orientação soviética.

Este texto é um excerto do artigo Revolução do proletariado da enciclopédia livre Wikipédia. Na Wikipédia, está disponível uma lista dos autores.
Em pt.wikipedia.org, o artigo Revolução do proletariado foi consultado 18 vezes nos últimos 30 dias. (Versão: 07.06.2013)
Imagens referentes a Revolução do proletariado
Imagem de visualização:
Original:
Resultados da pesquisa em Google e Bing
12
1
1
Ditadura do Proletariado - Infopédia
Como referenciar este artigo: Ditadura do Proletariado. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-05-22]. Disponível na www:
www.infopedia.pt/$ditadura-do-proletariado
13
4
2
Proletariado no Século XIX - Infopédia
Como referenciar este artigo: Proletariado no Século XIX. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-05-21]. Disponível na www:
www.infopedia.pt/$proletariado-no-seculo-xix
1
>30
3
Revolução proletária – Wikipédia, a enciclopédia livre
Revolução Proletária ou Revolução Operária é uma revolução classista promulgada pelo Marxismo em que o proletariado tenta ocupar a posição de classe ...
pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_prolet%C3%A1ria
2
>30
4
Ditadura do proletariado – Wikipédia, a enciclopédia livre
Segundo Engels, o Estado burguês não "morre"; é "aniquilado" pelo proletariado na revolução. O que morre 'depois dessa revolução é o Estado proletário ou ...
pt.wikipedia.org/wiki/Ditadura_do_proletariado
3
>30
5
Proletariado – Wikipédia, a enciclopédia livre
Proletariado (do latim proles, “filho, descendência, progênie”) é um conceito .... suas condições do início da Revolução Industrial, quando jornadas de mais de ...
pt.wikipedia.org/wiki/Proletariado
4
>30
6
Ditadura do Proletariado - Sociologia - InfoEscola
Para isso, o proletariado deveria tomar o poder da burguesia através de uma revolução e implantar um regime do proletariado, regido com pulso firme, para ...
www.infoescola.com/sociologia/ditadura-do-proletariado/
5
>30
7
O Marxismo e a Relação entre Revolução Proletária e Revolução ...
8 dez. 2011 ... O Marxismo e a Relação entre Revolução Proletária e Revolução Camponesa. Leon Trotsky. Dezembro de 1928 ...
www.marxists.org/portugues/trotsky/1928/12/camponesa.htm
6
>30
8
IV - A Revolução Proletária e a Ditadura do Proletariado
24 jan. 2012 ... Em que consistem os traços característicos da revolução proletária, que a distinguem da revolução burguesa? A diferença entre a revolução ...
www.marxists.org/portugues/stalin/1926/problemas/cap04.htm
7
>30
9
O que é a revolução proletária? | Corrente Comunista Internacional
8 out. 2010 ... É surpreendente a defasagem que existe na situação atual entre, por um lado, a indignação que tem origem no dilúvio de ataques aos ...
pt.internationalism.org/ICConline/2010/O+que_e_a_revolucao_proletaria
8
>30
10
Marx - Revolução do proletariado
Porque era a última revolução ( ou evolução ). Tem de se ter em conta a teoria de Darwin e a ideia reducionista do homem que é apresentada ...
forum.consciencia.org/index.php?topic=1714.0
Resultados da pesquisa para "Revolução do proletariado"
Google: aprox. 430.000
Revolução do proletariado na Ciência
Revolução Cultural Chinesa – Wikipédia, a enciclopédia livre
A Grande Revolução Cultural Proletária (conhecida como Revolução Cultural ... O primeiro comitê foi formado em 29 de Maio daquele ano na Universidade de ...
Partido Revolucionário do Proletariado - Wikipédia - Wikipedia
Publicava o jornal Revolução dirigido por Isabel do Carmo. ... que concretizou a Universidade Proletária Ernesto e Luis, assim designada em homenagem aos ...
Marxismo: Teoria e Prática da Revolução Proletária — Universidade ...
Será realizado de 1 a 5 de setembro, o Seminário Marxismo: Teoria e Prática da Revolução Proletária. Os debates acontecem sempre as 19 horas, no auditório ...
[PDF]A atualidade da revolução proletária - Instituto de Filosofia e ...
A vigência histórica da revolução proletária refere-se à atualidade das ... de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de ...
[PDF]Da Revolução à integração: a trajetória do proletariado vista por ...
Da revolução à integração: a trajetória do proletariado vista por Max Horkheimer. Dissertação apresentada ao Departamento de Sociologia da Universidade de ...
[PDF]1 Partido Proletário e Revolução: sua problemática no século XX
Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob a orientação do Professor ... Esta tese de doutorado intitulada Partido Proletário e Revolução: sua problemática no ...
[PDF]O Estado e A Revolução - Eventohistedbr.com.br
... doutrina marxista do Estado e as tarefas do proletariado na revolução . .... me furtar ao desafio, não sei bem, mas refletindo sobre Lenin, a Universidade e os ...
Karl Marx e Friedrich Engels: Em Defesa da Revolução Permanente ...
REVOLUÇÃO PERMANENTE ... Da Revolução Permanente do Proletariado ... DAS UNIVERSIDADES BURGUESAS GALLICAE LUSITANAEQUE LINGUARUM ...
Escola-Universidade J. M. Sverdlov : Socialismo Científico e ...
“UNIVERSIDADE COMUNISTA REVOLUCIONÁRIA .... Revolução Proletária, Dissolução das Contradições : O proletariado conquista o Poder Público e ...
A grande revolução cultural proletária em Chinesa, 1966-1976
Universidade de estado de San José ... Revolução cultural em Chinesa, 1966- .... comunista introduzem o conceito de uma grande revolução cultural proletária.
livros referentes ao termo Revolução do proletariado
Alienação artística : Marcuse e a ambivalência política da arte
Alienação artística : Marcuse e a ambivalência política da arte
LUIS GUSTAVO GUADALUPE SILVEIRA
Ainda, se esta visão de mundo deve designar uma consciência revolucionária, ela não é mais predominantemente “proletária” – a revolução contra o capitalismo monopolista global não é uma revolução proletária (tema que Marcuse ...
Moral e Revolução
Moral e Revolução
León Trotsky e UTL, 2012
Este eBook foi convertido ao formato digital por uma comunidade de voluntários. Você pode encontra-lo gratuitamente online. A compra da edição Kindle inclui os custos da entrega sem fio.
A revolução de outubro
A revolução de outubro
LEON TROTSKY, DANIELA JINKINGS
Não se pode deduzir da teoria marxista que a história realiza sempre as condições “mais favoráveis” ao proletariado. Hoje é difícil dizer qual teria sido o curso da revolução se a Assembléia Constituinte tivesse sido convocada no segundo ou ...
A Revolução do Silêncio
A Revolução do Silêncio
David Sobral, 2012
O Mundo converge, inevitavelmente, para uma sociedade demasiado injusta. Para um lugar de desigualdades, em que os ricos se tornam desmesuradamente ricos e os pobres têm de lutar toda uma vida apenas para matar a fome. Para uma sociedade em que todos se sentem perdidos e sem rumo, onde os abusos e a exploração sexual abundam, onde o terrorismo faz ...
Manifesto comunista
Manifesto comunista
Karl Marx, Frederich Engels, Osvaldo Coggiola, 2007
Ainda assim, após 1830, o proletariado francês, depois de ter desempenhado o grande papel constatado por Armand Carrel, tentou conduzir a burguesia vitoriosa e so- bretudo superá-la. É esse ritmo de revolução que se impõe inicialmente ...
A revolução dos bichos
A revolução dos bichos
George Orwell, 2007
Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.De fato, são claras as referências: o despótico Napole...
Manifesto comunista
Manifesto comunista
Marx e Engels
Ainda assim, após 1830, o proletariado francês, depois de ter desempenhado o grande papel constatado por Armand Carrel, tentou conduzir a burguesia vitoriosa e so- bretudo superá-la. É esse ritmo de revolução que se impõe inicialmente ...
Manifiesto del Partido Comunista
Manifiesto del Partido Comunista
Karl Heinrich Marx e Friedrich Engels, 2012
El Manifiesto del Partido Comunista (Manifest der Kommunistischen Partei), uno de los tratados políticos más influyentes de la historia, es una proclama encargada por la Liga de los Comunistas a Karl Marx y Friedrich Engels entre 1847 y 1848, y publicada por primera vez en Londres el 21 de febrero de 1848.Ésta edición de El Manifiesto del Partido C...
As Cores da Revolução: A literatura de Jorge Amado nos anos 30
As Cores da Revolução: A literatura de Jorge Amado nos anos 30
Luiz Gustavo Freitas Rossi, 2009
terem uma experiência nos movimentos operários de massa ou integrarem os quadros do 'partido proletário'” (ALMEIDA, 1979: 95). Com efeito, parece haver uma adaptação do romance proletário amadiano no que diz respeito à incipiente ...
Las tres fuentes y las tres partes integrantes del Marxismo
Las tres fuentes y las tres partes integrantes del Marxismo
Vladimir Ilich Lenin, 2012
En éste libro escrito en 1913, Lenin nos explica de dónde surge el marxismo, y cuáles son sus partes fundamentales como teoría política y económica.Ésta edición de Las tres fuentes y las tres partes integrantes del Marxismo incluye un análisis sobre la aportación literaria de Lenin a la teoría política así como las notas al pié de las ediciones ori...
Desenvolvimento de consultas Google
Registos de blog referentes ao termo
Revolução do proletariado
FORUM HIP HOP MUNICIPAL SP: A Natureza da Nossa Luta de Classes e a Inevitabilidade da Revolução do Proletariado
Miguel Angelo – Fórum de Hip Hop Municipal - SP “O campo de extermínio tem a voz truta!” Facção Central Qual é a cor do capitalismo? Responder essa retórica é mais do que entender o momento vigente, seria isso na verdade tomar conhecimento do projeto que só veio a progredir a partir da empresa colonial de ontem. Afirmo que aqui não houve ruptura para nós negros, pobres e periféricos, somos ainda os escravos tentando garantir a colheita do café para o senhor, porém com o verniz da democracia burguesa.
forumhiphopeopoderpublico.blogspot.com/2013/05/a-natureza-da-nossa-luta-de-classes-e.html
O fim do marxismo
filosofia.pro.br/o-fim-do-marxismo/
Marx e a aposta estratégica no proletariado | CONVERGÊNCIA
Valério Arcary “A descoberta do ‘crédito gratuito’ e do ‘Banco do povo’, baseado nele, são as últimas ‘façanhas’ econômicas de Proudhon. (…)Não há dúvida que o crédito, como ocorreu na Inglaterra no prin­cípio do século XVIII, e como voltou a acontecer nesse mesmo país no princípio do XIX, contribuiu para que as riquezas pas­sassem das mãos de uma classe para as de outra (…) Mas é uma fan­tasia genuinamente pequeno burguesa considerar que o capi­tal que produz juros seja a forma principal do capital, e tratar de converter uma aplicação particular do crédito – una suposta abolição do juro – na base da transformação da sociedade.
blogconvergencia.org/blogconvergencia/?p=1364
31 de Março de 1964 – A contra-revolução democrática. Ou: porque a intervenção militar foi necessária. :: Colóquio com Alessandro Barreta Garcia
www.alessandrogarcia.org/news/a31-de-mar%C3%A7o-de-1964-%E2%80%93-a-contra-revolu%C3%A7%C3%A3o-democratica-ou%3A-porque-a-interven%C3%A7%C3%A3o-militar-foi-necessaria-/
ANTI-COLONIAL 21: A REVOLUÇÃO RUSSA DE OUTUBRO DE 1917 E AS NOVAS IDEIAS
Os alemães Karl Marx (1818 - 1883) e Friedrich Engels (1820 - 1895) viveram no século XIX, como muitos outros filósofos. Formularam teorias que enquanto viveram não passaram de teorias.
anticolonial21.blogspot.com/2013/05/a-revolucao-russa-de-outubro-de-1917-e.html
produto da mente: Os movimentos sociais e os processos revolucionários na América Latina: uma crítica aos pós-modernistas
Os anos 90 do século passado e os primeiros dez anos deste século foram marcados por intenso debate entre as forças de esquerda sobre o papel dos movimentos sociais, das minorias, das lutas de gênero e das vanguardas políticas nos processos de transformação econômica, social e política da sociedade. Colocou-se na ordem do dia a discussão sobre novas palavras de ordem, novos agentes políticos e sociais, novas formas de luta, novas concepções sobre a ação prática política.
assuntosprodutodamente.blogspot.com/2013/05/os-anos-90-do-seculo-passado-e-os.html
Vem aí a revolução do proletariado | O Insurgente
oinsurgente.org/2008/10/01/vem-ai-a-revolucao-do-proletariado/
Viva o 1º de Maio! Dia do Internacionalismo Proletário! | A Nova Democracia
Publicado em 29/04/2013 por AND.
anovademocracia.com.br/blog/?p=5357
O Inverso do Contraditório: Datas memoráveis do proletariado: 143 anos do nascimento de Lenin
Vladimir Ilitch Ulianov Lenin, dirigente do Partido Bolchevique, condutor da primeira revolução socialista, criador do Estado Socialista Soviético, grande mestre da ciência marxista, nasceu em Simbirsk (cidade russa que, após sua morte, em 1924, passou a se chamar Ulianovsk). Ao ingressar na faculdade de direito, aos 17 anos, foi preso e expulso da universidade por participar de manifestações estudantis contra o czarismo.
inversocontraditorio.blogspot.com/2013/04/datas-memoraveis-do-proletariado-143.html
Centro do Socialismo: Eles se atreveram - A Revolução Russa de 1917
www.centrodosocialismo.com.br/2013/05/eles-se-atreveram-revolucao-russa-de.html
123